Tag: aumento conta de luz

Exibindo posts: Mais recentes Mais lidas
| Publicado 03/09/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

Plenária da POCAE discute cenário de crise no setor energético brasileiro

Plataforma Operária e Camponesa da Água e Energia (POCAE) convidou diferentes entidades e movimentos populares para analisar as causas e os impactos dos aumento dos preços da energia e dos combustíveis na vida dos brasileiros

| Publicado 13/08/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

MAB denuncia aumentos abusivos da tarifa de energia em audiência na Câmara dos Deputados

Audiência, que acontece na próxima segunda (16), vai debater aumento da tarifa de energia. ANEEL, Agência Nacional de Águas (ANA) e Coletivo dos Eletricitários também foram convidados para a sessão

| Publicado 01/12/2020 por Portal Vermelho

Aneel adota bandeira vermelha e conta de luz fica mais cara

Segundo comunicado da agência, os consumidores pagarão R$ 6,243 por 100 quilowatts-hora a partir deste mês. Bolsonaro defendeu medida

| Publicado 31/08/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens - São Paulo

Em SP, população atendida pela Elektro terá aumento nas contas de luz acima da inflação

Concessionária de energia que atua nas regiões sul, oeste e leste do estado teve autorização para cobrar aumento de 5% nas tarifas

| Publicado 13/08/2020 por Diego Ortiz / Coletivo de Comunicação do MAB

Na pandemia, contas de luz têm disparada de preço em SP; Enel não explica aumento

Só no mês passado, o Procon de SP registrou mais de 40 mil denúncias de contas com valores considerados incorretos pelos consumidores

| Publicado 17/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Nota: Aneel penaliza população e dá aval para concessionárias aumentarem tarifas

Agência reguladora aumentou em26% a Receita Anual Permitida das concessionárias de transmissão, o que vaisignificar aumento de quase 4% nas contas de luz

| Publicado 09/07/2020 por Caroline Oliveira / Brasil de Fato

Energia elétrica mais cara em São Paulo impacta vida de 18 milhões de pessoas

Apesar de a mudança ser legal, especialistas defendem que pandemia deveria ter sido levada em consideração