MAB realiza mais uma ação solidária na capital paraense através da Campanha “Proteja e Salve + Vidas”

A distribuição das 135 cestas básicas em Belém faz parte de um conjunto de ações realizadas em parceria com a organização ADEVIMA e a Fundação Banco do Brasil. Ao todo, desde maio deste ano, já foram doadas 1.780 cestas no estado do Pará.

Na última segunda-feira, 09, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) realizou a entrega de 135 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade em Belém (PA). A ação solidária é resultado de uma parceria com a Associação de Defesa à Vida e ao Meio Ambiente (ADEVIMA) e conta com o apoio da Fundação Banco do Brasil.

Gracinete Barbosa e Roseli Trindade, lideranças femininas que atuaram como voluntárias na ação, e Cleidiane Vieira, coordenadora do MAB

As cestas incluem alimentos frescos e livres de agrotóxicos produzidos pela agricultura familiar, como laranja, abóbora, goma de tapioca, farinha, feijão, ovos, milho, além de itens básicos como arroz, açúcar, café e produtos de limpeza. A distribuição foi realizada seguindo todos os protocolos de prevenção à COVID-19 em um espaço cedido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) no bairro Marco.

A ação contemplou moradores dos bairros Canudos, Pedreira, Marambaia e Parque Verde e contou com a ajuda de vários voluntários na organização e distribuição dos alimentos. Na ocasião, também foram entregues panfletos informativos sobre cuidados sanitários durante a pandemia. 

Para Cleidiane Vieira, da coordenação do MAB, esse tipo de ação é muito importante para apoiar famílias que estão em situação de insegurança alimentar diante da atual crise econômica. Em um ano de pandemia, a alta no preço dos alimentos é quase o triplo da inflação. Além disso, o aumento do preço do transporte, da energia elétrica e do gás de cozinha tem tornado a vida das famílias de baixa renda cada vez mais precária.

“A partir desse cenário, é urgente discutir nas comunidades a importância da solidariedade para que se possa garantir o acesso regular a alimentos saudáveis para todos”, afirmou a militante. 

Cestas incluem alimentos frescos da agricultura familiar, além de itens básicos e produtos de limpeza.

“Nós trabalhamos com 63 crianças e 38 famílias. São pessoas carentes em situação de risco, moradores de zona vermelha. Muitas dessas famílias vivem de aluguel e passam necessidades. As cestas são muito importantes pra elas, em destaque para as mães. É sempre muito emocionante e gratificante o momento das entregas”, relata Roseli, liderança feminina na comunidade do bairro de Canudos,que representa o Espaço Florescer. 

Além do suporte às famílias mais carentes, a Ação Solidária contribuiu com o Movimento Camponês Popular (MCP) no escoamento dos produtos da agricultura familiar, que também foi impactada pela pandemia. Neste contexto, a aquisição de alimentos dos pequenos agricultores é uma forma de apoiar sua manutenção na atividade e a oferta de alimentos no mercado local. 

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 27/07/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

Ação Solidária: em parceria com Koinonia, MAB distribui dezenas de toneladas de alimentos em São Paulo

Desde março deste ano, as jornadas solidárias realizadas já distribuíram mais de 35 toneladas de alimentos assim como kits de higiene e limpeza para atingidas e atingidos de diversas regiões do estado de São Paulo.

| Publicado 09/07/2020 por Leonardo Fernandes / Comunicação MAB

Com omissão do governo, MAB promove ações de solidariedade durante pandemia

Campanha organizada em diversos estados já distribuiu mais de 260 toneladas de alimentos, gás e carvão, além de kits de higiene pessoal e máscaras de proteção a famílias pobres

| Publicado 14/06/2020

Pandemia e queimadas: uma combinação perigosa na Amazônia

Com índices de desmatamento elevados, região, que já sofre com aumento de internações por problemas respiratórios durante o período de queima, agora teme por ocupações dos leitos com avanço dos casos de Covid-19