Francisco Kelvim

| Publicado 22/02/2022

Dois terços dos grandes rios do mundo estão barrados: por que isso importa?

Em todo o mundo apenas 37% dos rios com mais de 1.000 quilômetros continuam fluindo livremente: barragens colocam em risco ecossistemas inteiros e serviços econômicos e ambientais relacionados às bacias hidrográficas

| Publicado 22/02/2022

Prioridade do governo Bolsonaro em 2022 é a destruição da legislação ambiental e da Amazônia

Fim do licenciamento ambiental, liberação de agrotóxicos cancerígenos, privatização de florestas e ataques aos povos indígenas: a agenda prioritária do Governo Federal no Congresso acelera o desmonte de órgãos e leis ambientais brasileiras no período pré-eleitoral

| Publicado 28/01/2022

Brasil pode viver novas tragédias socioambientais por conta da falta de segurança das barragens no país

Último Relatório de Segurança de Barragens aponta falta fiscalização e informações básicas sobre os riscos da maior parte das barragens brasileiras

| Publicado 23/10/2020

Na pandemia, empresas pressionam licenciamento de novas hidrelétricas em Rondônia

Mesmo diante da gravidade da disseminação do coronavírus, empreiteiras querem forçar órgãos licenciadores a autorizarem audiências públicas para discussão de novas barragens na Amazônia

| Publicado 14/06/2020

Pandemia e queimadas: uma combinação perigosa na Amazônia

Com índices de desmatamento elevados, região, que já sofre com aumento de internações por problemas respiratórios durante o período de queima, agora teme por ocupações dos leitos com avanço dos casos de Covid-19