MAB reúne com indicado à Procuradoria Geral de Justiça Adjunto Institucional do MPMG

Durante a reunião, o MAB apresentou preocupação com as negociações do acordo que vem sendo construído entre Estado de Minas Gerais e Vale

Coordenação estadual do MAB reúne com indicado à Procurador Geral de Justiça Adjunto Institucional, no MPMG. Foto: Comunicação MAB/MG

Na tarde desta segunda-feira (30) o Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB reuniu com Procurador de Justiça do Ministério Público, Carlos André Mariani Bittencourt, indicado para Procurador Geral de Justiça Adjunto Institucional, no processo de transição de chefia do Ministério Público de Minas Gerais do próximo biênio 2021/2022, que aconteceu no último dia 25 de novembro. 

Na reunião o MAB apresentou preocupação com as negociações do acordo que vem sendo construído entre o Estado de Minas Gerais e a mineradora Vale. O acordo rebaixa os valores de indenização ao Estado e aos danos morais coletivos dos atingidos, fato que o movimento já vem denunciando nas últimas semanas, além da falta de participação efetiva dos atingidos nas negociações.

O procurador ouviu o MAB de forma atenta, se comprometendo a apurar e buscar o entendimento sobre o processo, lembrando das limitações institucionais neste momento de transição de chefia do MPMG, e garantir a continuidade da interlocução com o movimento e a sociedade e as demais instituições.

Para o MAB é importante ter esta reunião para apontar a importância do diálogo com a nova equipe do MPMG, que exerce um papel fundamental na garantia dos direitos das pessoas e comunidades atingidas de toda a bacia do Paraopeba.

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 21/11/2020 por Brasil de Fato - MG

Deputada Beatriz Cerqueira (PT) propõe CPI contra acordo do estado com a Vale

A proposta já conta com 17 assinaturas das 26 necessárias para que seja protocolada e enviada para a Mesa Diretora

| Publicado 17/11/2020 por Brasil de Fato - MG

Cerca de mil atingidos protestam em BH contra acordo barato entre governo e Vale

Audiência acontece nesta terça (17) no TJMG. Vítimas, que continuam excluídas de participação, manifestam-se no tribunal

| Publicado 17/11/2020 por Izabella Bontempo / Comunicação MAB

Atingidos do Paraopeba garantem vitória e acordo entre Vale e Estado de MG não é aceito

Vitória veio da pressão dos atingidos organizados que estiveram presentes na porta do TJMG nesta terça-feira (17) durante audiência