Deputada Beatriz Cerqueira (PT) propõe CPI contra acordo do estado com a Vale

A proposta já conta com 17 assinaturas das 26 necessárias para que seja protocolada e enviada para a Mesa Diretora

“17 deputados, de 7 partidos diferentes, já assinaram a proposta. São necessárias mais 9 assinaturas para que o pedido seja protocolado e enviado para a Mesa Diretora” – Foto: Luiz Santana / ALMG

Contrários ao acordo que bem sendo negociado entre a Vale e o Estado de Minas Gerais, a Deputada que assina a proposta da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), questiona a ausência de transparência e a exclusão da participação dos atingidos:

“A Situação é muito grave. Se eram 10, 20, 30, quantos bilhões? Quem decidirá o valor que o Estado abrirá mão para a negociação com a Vale? O que a Vale lucrará com os termos desta negociação? É possível realizar uma negociação sem a participação dos atingidos? Sem a participação dos municípios, dos prefeitos, das câmaras municipais, dos conselhos? Muitas perguntas e nenhuma resposta, mesmo após a realização de uma audiência pública na ALMG”.

 “Quem decidirá o valor que o Estado abrirá mão para a negociação com a Vale?” 

E ela completa, “eu já solicitei cópia da minuta da negociação entre a Vale e governo de Minas Gerais e não tive acesso. A população mineira não tem acesso ao conteúdo desse acordo. A situação é gravíssima. E justamente pela ausência de transparência por parte do governo do Estado que propomos essa investigação. O governo não pode fazer uma fiscalização paralela”.

17 deputados, de 7 partidos diferentes, já assinaram a proposta. São necessárias mais 9 assinaturas para que o pedido seja protocolado e enviado para a Mesa Diretora que decide se a CPI será, ou não, Instaurada.

Os deputados que já assinaram a proposta: 

1 – Beatriz Cerqueira (PT)
2 – Ana Paula Siqueira (REDE)
3 – André Quintão (PT)
4 –  Andréia de Jesus (PSOL)
5 – Betão (PT)
6 – Celinho Sintrocel (PCdoB)
7 – Cleitinho Azevedo (CIDADANIA)
8 – Cristiano Silveira (PT)
9 – Delegada Sheila (PSL)
10 – Doutor Jean Freire (PT )
11 – Elismar Prado (PROS)
12 – Leninha (PT)
13 –  Marília Campos (PT)
14 – Marquinho Lemos (PT)
15 – Osvaldo Lopes (PSD)
16 – Professor Cleiton (PSB)
17 – Ulysses Gomes (PT)

Edição: Elis Almeida

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 24/11/2020 por Coletivo de Comunicação MAB MG

Comissão Externa é instalada na Câmara Federal para fiscalizar acordo entre Vale e Estado de Minas Gerais

O requerimento foi feito pelo deputado Rogério Correia (PT-MG), que será coordenador do colegiado. Ofício do Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB foi entregue hoje (24) em Brasília

| Publicado 17/11/2020 por Brasil de Fato - MG

Cerca de mil atingidos protestam em BH contra acordo barato entre governo e Vale

Audiência acontece nesta terça (17) no TJMG. Vítimas, que continuam excluídas de participação, manifestam-se no tribunal

| Publicado 17/11/2020 por Izabella Bontempo / Comunicação MAB

Atingidos do Paraopeba garantem vitória e acordo entre Vale e Estado de MG não é aceito

Vitória veio da pressão dos atingidos organizados que estiveram presentes na porta do TJMG nesta terça-feira (17) durante audiência