Diagnóstico Social, Econômico e Cultural dos Atingidos por Barragens: O caso da UHE de Sobradinho (BA) – Relatório III

O presente relatório trata dos dados referentes à fase qualitativa da pesquisa Diagnóstico Social, Econômico e Cultural dos Atingidos pela Barragem de Sobradinho (BA). Este é o terceiro relatório que, […]

O presente relatório trata dos dados referentes à fase qualitativa da pesquisa Diagnóstico Social, Econômico e Cultural dos Atingidos pela Barragem de Sobradinho (BA). Este é o terceiro relatório que, em conjunto com o Relatório 1 – Documental e o Relatório 2 – Quantitativo, irá subsidiar a consolidação do Relatório Final que tratará das demandas sociais que possam ser interpretadas como a dívida social do Estado brasileiro com os atingidos pela barragem de Sobradinho. O objetivo deste relatório é analisar as informações coletada mediante técnicas qualitativas de pesquisa: observação de campo, entrevistas semiestruturadas, grupos de discussão. Procura aprofundar questões consideradas pela equipe como cruciais para entender os danos sofridos pela população atingida e os problemas sociais relacionados à construção da barragem. Junto à análise, buscou-se registrar depoimentos importantes dos atores entrevistados, sobretudo de atingidos, a fim de captar e retratar seus anseios e demandas.

As entrevistas individuais serão semiestruturadas, ou seja, baseadas em roteiro prévio, contendo os principais tópicos a serem abordados pelo entrevistado. Tais tópicos devem estar relacionados com as questões-chave componentes do objeto de estudo da pesquisa. Ao aplicar a entrevista, o pesquisador deveria abordar os tópicos em forma de pergunta ou pedir para o depoente discorrer sobre o tema. Os grupos de discussão visam obter uma visão coletiva de determinado grupo ou comunidade sobre a dívida social. Para a discussão é aplicado um roteiro (à semelhança da entrevista semiestruturada), composto por tópicos relacionados às questões-chave da pesquisa. Preferencialmente, deve haver duas pessoas para a condução do grupo: um mediador, que conduz as perguntas e medeia a participação dos integrantes do grupo; um relator, responsável pelas anotações e pela operação do equipamento de gravação. As anotações do relator serão muito importantes para a elaboração de um relatório sucinto do grupo de discussão realizado, apontando os principais pontos abordados, os consensos e também as principais divergências manifestadas pelos participantes.

Download
Conteúdos relacionados
| Publicado 14/11/2022 por Murilo Pajolla do Brasil de Fato

“Revogaço” ambiental de Lula será primeiro passo para salvar a Amazônia, dizem especialistas

Pelo menos 80 medidas antiambientais de Bolsonaro precisam ser anuladas ou corrigidas nos primeiros dias do mandato

| Publicado 16/11/2022 por Movimento dos Atingidos por Barragens - Pernambuco

Nota | Em solidariedade ao MST pelos ataques ao Centro de Formação Paulo Freire em Pernambuco

Em nota Movimento dos Atingidos por Barragens em Pernambuco se solidariza ao MST diante de ataques ao Centro de Formação Paulo Freire no estado

| Publicado 17/11/2022 por Murilo Pajolla do Brasil de Fato

Com discurso de Lula na COP, Brasil retoma protagonismo no combate à fome e mudanças climáticas

Diante do mundo, Lula se comprometeu com preservação da Amazônia, cobrou países ricos e pediu modernização da ONU