MAB30Anos

Exibindo posts: Mais recentes Mais lidas
| Publicado 13/10/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

O Rio (Tapajós) não está pra peixes. A história da luta de Joelma Oliveira na defesa da Amazônia

Moradora de Itaituba (PA), a militante do Movimento dos Atingidos por Barragens luta contra um modelo de desenvolvimento que, além de gerar diversos impactos ambientais e sociais para o Tapajós, aumenta os índices de violência contra as mulheres.

| Publicado 23/09/2021 por Aurélio Vianna Jr.

MAB: trinta anos de lutas — compartilhando memórias

O antropólogo e pesquisador Aurélio Vianna resgata a sua história de colaboração e ativismo no MAB (na época CRAB) através do envolvimento com os efervescentes debates ambientais no final dos anos 80

| Publicado 13/09/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

A juventude militante de Igor Meirelles

Belo Monte conseguiu estancar o outrora poderoso Xingu e mudou o curso da vida de cerca de 50 mil pessoas que hoje tentam reescrever suas histórias, distantes do rio e das suas referências. O coordenador do MAB, Igor Meirelles, é uma delas. Ele fez da luta coletiva contra as injustiças desse empreendimento um dos propósitos da sua juventude.

| Publicado 31/08/2021 por * Carlos Vainer

30 Anos do MAB, um olhar do economista e sociólogo Carlos Vainer

O professor da UFRJ, Carlos Vainer, conta a história da sua relação de colaboração e aprendizado mútuo com o Movimento dos Atingidos por Barragens desde que conheceu o CRAB em Erechim (RS) há 35 anos

| Publicado 27/08/2021 por Coletivo de Comunicação MAB MG

Em encontro virtual, atingidos da região metropolitana de Belo Horizonte comemoram os 30 anos do MAB

Durante encontro, os participantes celebraram a história do movimento que é a história do povo organizado em luta

| Publicado 20/08/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

Do sertão do Ceará à Floresta Amazônica: a militância sem fronteiras de Iury Paulino

“O MAB me transformou em um ser político. Foi uma tomada de consciência.” Depois de vivenciar a luta emblemática do Vale do Jaguaribe, no Ceará, Iury quis levar o sonho de justiça social que descobriu no MAB para atingidos de outras partes do Brasil.

| Publicado 09/08/2021 por Fabiana Alves do Greenpeace

Carta ao Movimento dos Atingidos por Barragens

Carta de coordenadora de Clima e Justiça do Greenpeace ao MAB exalta 30 anos de luta e resistência do Movimento

| Publicado 04/08/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

Joelisia Feitosa: o sonho e a luta por justiça para os atingidos de um dos maiores crimes socioambientais do país

Natural de Juatuba (MG), Joelisia nasceu e cresceu na beira do Rio Paraopeba, onde pretendia desfrutar de sua aposentadoria depois de uma vida dedicada à militância e ao sindicalismo no serviço público. Quando esse momento chegou, ela viu a lama-rejeito da Mina Córrego do Feijão invadir o rio da sua infância e soterrar a região com incertezas, medos e inseguranças. “Ao invés de descansar, tive que arregaçar as mangas e voltar à luta ”.

1 2