Especial

Exibindo posts: Mais recentes Mais lidas
| Publicado 06/11/2020 por Comunicação - Movimento dos Atingidos por Barragens

Manifestações denunciam cinco anos de injustiça do crime no rio Doce

Em diversas cidades de Minas Gerais e no Espírito Santo, atingidos saíram às ruas para pedir justiça após meia década sem reparação; projeções foram realizadas em capitais de outros estados

| Publicado 04/11/2020 por Frei Gilvander Moreira

Artigo | Crime em Mariana: 5 anos se reproduzindo

Quantas barragens ainda precisarão romper para que as autoridades ouçam os clamores do povo?

| Publicado 04/11/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Carta dos atingidos e atingidas para Vale, Samarco, BHP e sociedade brasileira

Temos direito a ter voz e vez nas decisões. Estamos cansados de ter nossos destinos colocados à mercê de empresas, políticos e juízes, poderosos e donos desse sistema, que rouba nossos direitos à luz do dia sem nenhum pudor, e nos afundam cada vez mais nessa lama tóxica de interesses privados

| Publicado 04/11/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Injustiça na bacia do Rio Doce: 5 anos de não reparação aos atingidos; leia a nota do MAB

Somos as vítimas de um crime bárbaro que está longe de uma correta solução, mas somos também um povo em luta disposto a lutar e colocar a vida acima do lucro

| Publicado 03/11/2020 por Alexania Rossato / Coordenação Nacional do MAB

Como parte da jornada de luta, ato internacional denuncia casos de violações por empresas em outros países

Evento fortalece laços internacionais entre atingidos em diversos países, que também sofrem com os efeitos do “lucro a todo custo”

| Publicado 03/11/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Tentativa de acordo entre Vale e o Estado de MG compromete direitos dos atingidos da bacia do Paraopeba

Atingidos da bacia do rio Paraopeba foram surpreendidos no último dia 22 com a notícia de um acordo sobre parte dos danos decorrentes do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho

| Publicado 01/11/2020 por Claudia Rocha / Comunicação MAB

Mulheres denunciam violações cinco anos após rompimento da barragem de Fundão em ato virtual

Perda de emprego e renda, destruição do ambiente de lazer, aumento do adoecimento e violência são alguns pontos levantados pelas atingidas

| Publicado 30/10/2020 por Raíssa Lopes do Brasil de Fato MG

Após cinco anos do crime em Mariana (MG), atingidos continuam sem casas

Bento Rodrigues e Paracatu de Baixo estão com obras atrasadas; Gesteira ainda nem começou a ser construída

1 2 3