Especial

Exibindo posts: Mais recentes Mais lidas
| Publicado 13/01/2021 por Coletivo de Comunicação MAB MG

Pescadores e agricultores ainda lutam por reparação dois anos após rompimento em Brumadinho

Atividades econômicas diretamente impactadas pelo crime da Vale até hoje não conseguiram voltar à normalidade com a falta de assistência da empresa e o Paraopeba poluído

| Publicado 12/01/2021 por Coletivo de Comunicação MAB MG

“Conhecimento ancestral tem valor”, afirmam comunidades religiosas de matriz africana sobre a destruição do Rio Paraopeba

Representantes de povos tradicionais que vivem às margens do Paraopeba destruído contam a importância do rio para a perpetuação dos rituais e sobrevivência nos territórios

| Publicado 09/12/2020 por Brasil de Fato - MG

Brumadinho: terceira audiência entre Vale, governo de Minas e Justiça termina sem acordo

Cerca de mil atingidos realizaram uma manifestação em frente ao tribunal para reivindicar participação na negociação

| Publicado 09/12/2020 por Comunicação - Movimento dos Atingidos por Barragens

Ato de lançamento da Jornada de dois anos de Brumadinho marca luta por participação dos atingidos na reparação

Na terça-feira (9), o Movimento dos Atingidos por Barragens realizou o lançamento da Jornada de Lutas que vai denunciar os dois anos do crime da Vale em Brumadinho

| Publicado 06/11/2020 por Comunicação - Movimento dos Atingidos por Barragens

Manifestações denunciam cinco anos de injustiça do crime no rio Doce

Em diversas cidades de Minas Gerais e no Espírito Santo, atingidos saíram às ruas para pedir justiça após meia década sem reparação; projeções foram realizadas em capitais de outros estados

| Publicado 04/11/2020 por Frei Gilvander Moreira

Artigo | Crime em Mariana: 5 anos se reproduzindo

Quantas barragens ainda precisarão romper para que as autoridades ouçam os clamores do povo?

| Publicado 04/11/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Carta dos atingidos e atingidas para Vale, Samarco, BHP e sociedade brasileira

Temos direito a ter voz e vez nas decisões. Estamos cansados de ter nossos destinos colocados à mercê de empresas, políticos e juízes, poderosos e donos desse sistema, que rouba nossos direitos à luz do dia sem nenhum pudor, e nos afundam cada vez mais nessa lama tóxica de interesses privados

| Publicado 04/11/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Injustiça na bacia do Rio Doce: 5 anos de não reparação aos atingidos; leia a nota do MAB

Somos as vítimas de um crime bárbaro que está longe de uma correta solução, mas somos também um povo em luta disposto a lutar e colocar a vida acima do lucro

1 2 3