Nota de Solidariedade do MAB aos atingidos da Alemanha e Região

Barragem no Oeste da Alemanha se rompeu e milhares de pessoas seguem desaparecidas

Por conviver no Brasil com a mesma dor e perda, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) se solidariza com as famílias que estão sendo atingidas pelas chuvas e pelo recente rompimento da Barragem Rurtalsperre, no oeste da Alemanha. São três países impactados: Alemanha, Bélgica e Holanda. Até o último dia 19, foram contabilizadas 196 vidas perdidas e mais de 1.300 desaparecidas na Alemanha e Bélgica.

Foto: summarizer.co
Foto: summarizer.co

Cada vida vale muito e sabemos que o valor da perda é irreparável. O povo alemão foi e segue sendo muito solidário com os atingidos no Brasil, em especial quando sofremos com os dois crimes ocorridos em Mariana e Brumadinho no estado de Minas Gerais. Ao todo, 292 pessoas foram mortas no rompimento das Barragens do Fundão e Córrego do Feijão, das mineradoras Samarco / Vale / BHP e Vale, respectivamente, que ainda seguem impunes.

As barragens, que historicamente eram consideradas obras seguras em todo o mundo, seguem mostrando suas fragilidades e riscos para os moradores dos territórios onde são construídas.

A exploração do capital internacional nas últimas décadas coloca em risco eminente a relação entre o ser humano e a natureza. Por isso, continuaremos lutando para que o Brasil e todos os países que possuem barragens garantam políticas públicas voltadas para a segurança de suas populações e os direitos dos atingidos.

Nos unimos ao povo alemão nesse momento para exigir o respeito à vida, à natureza e aos direitos humanos em todo o mundo e solicitamos atendimento imediato às demandas dos atingidos por parte dos governos dos países envolvidos. 

Recebam nosso abraço carinhoso, fraterno e solidário.

Águas para a vida, não para a morte!

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 05/08/2021 por MAB PA

NOTA FETAGRI-PA | Ameaças não nos intimidam!

Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Pará denuncia ameaças e atentado sofridos pela vice-presidenta da organização e cobra apuração do caso por parte das organizações competentes.

| Publicado 21/07/2021 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Comunicado de solidaridad del MAB a los afectados de Alemania y la región

Represa en el oeste de Alemania se rompió y millares de personas siguen desaparecidas

| Publicado 23/07/2021 por Movimento dos Atingidos por Barragens - Rondônia

NOTA | A privatização causa a terceirização. A terceirização causa a morte e perda de direitos!

Dois trabalhadores são mortos por soterramento durante manutenção das turbinas da Hidrelétrica de Santo Antônio, em Porto Velho (RO). Operários eram funcionários de empresa terceirizada