Movimentos distribuem cestas básicas em Altamira, no Pará

Ação é parte da campanha Respira Xingu e tem como foco auxiliar famílias em vulnerabilidade socioeconômica durante a pandemia

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e demais organizações que compõem a campanha Respira Xingu distribuiram 500 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social devido à crise e à pandemia em Altamira (PA).

Dentre as cestas que couberam para as famílias organizadas no MAB, a prioridade foi para as que vivem nos reassentamentos urbanos coletivos (RUC’s) e na região da lagoa do Independente 1. “Essas pessoas foram atingidas pela hidrelétrica de Belo Monte e reassentadas nesses bairros construídos pela Norte Energia, mas sem garantias de manutenção das suas condições de sobrevivência. Atualmente, com as políticas econômicas adotadas no país pelo governo Bolsonaro, elas se encontram em situação de insegurança alimentar”, afirma Jackson Dias, da coordenação do Movimento.

A ação vem no momento em que a prefeitura de Altamira decidiu decretar lockdown na cidade, diante da falta de leitos para o atendimento às vítimas da doença. O município conta com 48 leitos clínicos e 30 de UTI para o atendimento de toda a região do Xingu, onde vivem quase 400 mil habitantes.

“Embora a pandemia esteja no seu pior momento, o auxílio emergencial este ano está muito pouco e não é suficiente para ‘segurar’ as pessoas em casa. Por isso, as ações de solidariedade do Movimento são muito importantes”, afirma Francinete Novaes, coordenadora do Grupo de Atingidos do MAB no RUC Laranjeiras.

Participam da campanha Respira Xingu 35 movimentos e organizações da região da Transamazônica e Xingu, no Pará. Para conhecer a campanha e saber como ajudar, acesse o site.

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 30/03/2021 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Campanha arrecada doações para atingidos em Godofredo Viana (MA); contribua

MAB organiza campanha de solidariedade para que as famílias afetadas com rompimento da barragem possam ter uma ajuda emergencial em itens básicos como alimentação, água e kits de higiene

| Publicado 27/07/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

Ação Solidária: em parceria com Koinonia, MAB distribui dezenas de toneladas de alimentos em São Paulo

Desde março deste ano, as jornadas solidárias realizadas já distribuíram mais de 35 toneladas de alimentos assim como kits de higiene e limpeza para atingidas e atingidos de diversas regiões do estado de São Paulo.

| Publicado 09/07/2020 por Leonardo Fernandes / Comunicação MAB

Com omissão do governo, MAB promove ações de solidariedade durante pandemia

Campanha organizada em diversos estados já distribuiu mais de 260 toneladas de alimentos, gás e carvão, além de kits de higiene pessoal e máscaras de proteção a famílias pobres