Em Rondônia, famílias atingidas são beneficiadas por ações de solidariedade

Centenas de famílias afetadas pelos efeitos do agravamento da pandemia recém cestas de alimentos e outros itens essenciais para enfrentar a pandemia no estado

O Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), em parceria com a Associação de Proteção ao Meio Ambiente (APEMA) realizaram este mês a entrega de 120 cestas de alimentos com materiais de higiene e 750 máscaras, as famílias atingidas por barragens nas cidades de Porto Velho e Candeias do Jamari, ambas no estado de Rondônia.

O estado vive nesse momento uma nova alta no número de casos, mortes e internações provocadas pela Covid-19. Até o inicio de março, cerca de 102 pacientes com Coronavírus, estavam à espera por uma vaga em leitos de UTI na rede pública estadual, além das centenas de pacientes que já foram transferidos para outros estados.

As cestas de alimentos e kits de materiais de higiene e máscaras foram adquiridos através do projeto “A luta e resistência dos atingidos/as por barragens, defensores/as de direitos humanos pela vida e pela Amazônia” – apoiado pela MISEREOR nos estados da Amazônia.

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 14/06/2020

Pandemia e queimadas: uma combinação perigosa na Amazônia

Com índices de desmatamento elevados, região, que já sofre com aumento de internações por problemas respiratórios durante o período de queima, agora teme por ocupações dos leitos com avanço dos casos de Covid-19

| Publicado 20/03/2021 por Proteja Amazônia

Mais de 200 famílias atingidas pela UHE Sinop em MT esperam decisão judicial por indenização

Famílias que perderam suas terras para a hidrelétrica de Sinop alegam terem sido coagidas pela Companhia Energética Sinop (CES), que tem como acionista majoritária a estatal francesa Electricité de France (EDF)

| Publicado 04/03/2021 por Coletivo de Comunicação MAB RO

MAB lança campanha “Atingidos enfrentando a pandemia da COVID-19” em Rondônia

Movimento lança campanha de solidariedade ás comunidades atingidas por barragens e ribeirinhas no estado em meio a segunda onda e agravamento da pandemia; ações já contabilizam quase 3 mil cestas de alimentos doadas