Gustavo: a nota é de pesar, mas o canto é de ESPERANÇA!

Nota de pesar pela perda do nosso companheiro de luta, Gustavo.

É com muita dor no coração que recebemos, nesta madrugada do dia 3 de maio de 2021, a notícia do falecimento de nosso jovem irmão-de-luta no Movimento dos Atingidos por Barragens, Gustavo Procópio, vítima de complicações ligadas à Covid-19. 

Gustavo veio inserindo-se no MAB em Congonhas, Minas Gerais, logo após o crime da Vale em Brumadinho, o qual gerou comoção e mobilização na conhecida ‘cidade dos profetas’, que abriga muitas e perigosas barragens de rejeito.

Gustavo sempre demonstrou muita indignação pela injustiça social e optou por buscar resposta no espaço correto, na luta popular, no sonho coletivo de uma sociedade sem exploração. 

Gustavo cursou música, lecionava e tocava maravilhosamente bem; místico por natureza, sua presença em nossos espaços trazia uma leveza toda especial no trato de questões muito complexas. 

Gustavo fazia parte do Grupo de Base do MAB, que se reúne semanalmente, toda terça-feira à tarde, dando sangue a essa organicidade, corpo vivo.

Com dupla jornada de jovem que participa da luta popular e luta pela própria subsistência, Gustavo espremia seu tempo às quintas-feiras para editar crônica do quadro ‘Obrigado Paraopeba!’, que vai ao ar semanalmente, em duas rádios da região do Alto Paraopeba. 

A nota, hoje, é de pesar! Toda solidariedade do MAB a Silvana, sua mãe; a Mauro, seu pai; a Gabi, sua irmã. 

Mas o canto é de esperança! O violão, que em suas mãos só faltava falar, agora não sente os dedos hábeis de Gustavo em suas cordas. As notas emudecem. Porém, a memória viva de Gustavo nos ajuda a tocar a luta em frente. 

Gustavo vive, sempre! 

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 12/03/2021 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Nota de pesar pelo falecimento de Celso Nunes

Vítima da Covid-19 no noite de hoje, Celso deixa um legado de luta; Movimento se solidariza com os familiares e amigos

| Publicado 15/01/2021 por Coordenação Nacional do MAB

Nota do MAB | Novo colapso em Manaus não é tragédia, é parte de um projeto

Manaus, no Amazonas, está em novo colapso, e agora ainda mais sério, devido à pandemia da Covid-19. Profissionais de saúde denunciam que pacientes estão morrendo por falta de oxigênio em plena região conhecida como o “pulmão do mundo”

| Publicado 13/03/2021 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Governo da Paraíba isenta tarifa de água para 26 mil famílias e anuncia outras medidas

Conjunto de medidas anunciadas pelo governo beneficiarão milhares de famílias paraibanas; MAB cobra “que exemplos como esses sejam mais comuns para os demais estados e para o país”