Livro de militante do MAB é lançado em MG

Cerca de 150 pessoas participaram na noite desta quinta-feira (03), no Auditório do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa (MG), do lançamento do livro “O Cronista”, romance […]

Cerca de 150 pessoas participaram na noite desta quinta-feira (03), no Auditório do Departamento de Economia Rural da Universidade Federal de Viçosa (MG), do lançamento do livro “O Cronista”, romance escrito pelo padre Antônio Claret Fernandes, militante do MAB em missão na Prelazia do Xingu, região onde está sendo construída a barragem de Belo Monte. 

Fernanda Oliveira Portes, da coordenação estadual do MAB, leu durante o lançamento trechos do prefácio escrito por Deuze Laureano, advogada, professora universitária e militante apoiadora dos movimentos populares. Ali ela lembra que “em ‘O Cronista’ estão contadas e guardadas para a história, da perspectiva das vítimas, os acontecimentos reais de sofrimento e humilhação das inúmeras barragens nas hidrelétricas espalhadas pelo estado de Minas Gerais e Brasil afora.” O exemplo trazido do livro é a construção da UHE Candonga, na Zona da Mata mineira.

Terezinha Soares, ameaçada por dois projetos de barragem na comunidade de Casa Nova, município de Guaraciaba, e resistente há 16 anos, relembrou o papel de Claret. Falou em nome de todos os atingidos presentes afirmando a importância de sua presença nas lutas do povo e relembrando “que foi ele o primeiro a tomar a iniciativa de iniciar a mobilização que resultou nesta grande e persistente resistência”.

Mesmo tendo dificuldades com o sinal de internet, Claret falou em mensagem de vídeo direto de Brasil Novo, no estado do Pará, agradecendo a todos e reforçando a importância das histórias contadas no livro, que são na verdade a história do povo trabalhador.

Toda a renda obtida com a venda de “O Cronista” será revertida para a organização e fortalecimento do MAB em todo o país. Claret também é autor de “Águas Revoltas” e “Contos de Sofia”.

O lançamento foi parte da programação do I Encontro Regional do MAB da Zona da Mata de Minas Gerais, que prossegue nesta sexta e sábado, também nas dependências da Universidade Federal de Viçosa (UFV).