Em Capão Alto (SC), MAB realiza encontro para discutir produção de alimentos

O Movimento dos Atingidos por Barragens-MAB estará realizando um encontro nos dias 12,13 e 14 de janeiro, no Reassentamento Laranjeiras, em Capão Alton (SC). O evento tem por objetivo discutir […]

O Movimento dos Atingidos por Barragens-MAB estará realizando um encontro nos dias 12,13 e 14 de janeiro, no Reassentamento Laranjeiras, em Capão Alton (SC). O evento tem por objetivo discutir a produção de alimentos saudáveis, com a preservação do meio ambiente. Terá a participação de camponeses de diversos estados brasileiros onde o MAB está organizado.

Para André Sartori agricultor reassentado, a produção de alimentos neste momento contribui para resistir numa lógica de produção camponesa. “Assim aumenta a renda das famílias e garante a soberania e segurança alimentar e experimentamos novas formas de organização da produção pautadas na coletividade, nos princípios e valores da agroecologia, na transformação agroindustrial controlada por cooperativas das próprias famílias trabalhadoras, dentre outras formas que experimentamos em diferentes ocasiões e regiões, mas que contribuem para o horizonte que queremos construir um mundo mais justo e com a riqueza distribuída igualmente, por isso da importância de nos reunirmos e discutirmos este assunto”. Conclui Sartori.

No encerramento do encontro acontecerá um ato político de assinatura do contrato de cem hortas para produção de alimentos com a Fundação Banco do Brasil, na oportunidade também serão apresentados os projetos e experiências a serem implementados pelo MAB no próximo período.