Escolha um idioma:

Energia

Exibindo posts: Mais recentes Mais lidas
| Publicado 13/12/2022 por Vinicius Konchinski do Brasil de Fato

Reestatização da Eletrobras é possível e urgente, dizem membros de GT de Transição

Privatização do controle da companhia de energia tende a aumentar contas de luz em até 25%

| Publicado 09/12/2022 por Vinicius Konchinski - Brasil de Fato

Bolsonaro deixa R$ 500 bilhões a serem pagos por consumidores em contas de luz, diz Transição

Governo de transição aponta que privatização da Eletrobras e outras medidas geram custo

| Publicado 09/12/2022 por Francisco Kelvim

Em Brasília, MAB se articula para barrar privatização da Copel

Movimento dos Atingidos por Barragens – MAB, em conjunto com membros do GT de Transição de Minas e Energia e parlamentares do Paraná se articulam para impedir privatização da Copel no estado

| Publicado 28/11/2022

Atingidos de Garabi e Panambi têm nova conquista na luta contra complexo hidrelétrico

Em sua última decisão sobre o caso, TRF4 nega pedido para encaminhar para o STF processo sobre retomada de projeto de usina hidrelétrica

| Publicado 28/11/2022 por Coletivo de Comunicação MAB MG

Veredas Sol e Lares: avança a primeira grande experiência de gestão popular da geração e distribuição de energia elétrica

Implementação de usina fotovoltaica em Grão Mogol com gestão popular é fruto da luta dos atingidos do Vale do Jequitinhonha (MG)

| Publicado 24/11/2022 por Daiane Machado

Governo Ratinho Jr privatiza a COPEL em 3 dias

Contra a iniciativa do Governo Ratinho Junior (PSD), trabalhadores da Copel e paranaenses ocuparam as galerias da Assembleia Legislativa do Paraná

| Publicado 18/11/2022 por Francisco Kelvim

MAB participa de grupos de transição para o governo Lula

Equipe de transição é responsável por fazer diagnóstico das condições da estrutura do governo e elaborar propostas temáticas para o novo chefe do Executivo

| Publicado 08/11/2022 por PT

Farra dos acionistas: Bolsonaro tenta o último saque aos cofres da Petrobras

Estatal antecipará o pagamento de R$ 43,7 bilhões em dividendos para cobrir o rombo com a campanha. “Irresponsabilidade com a empresa e com o país”, critica Gleisi Hoffmann

1 3 4 5 6 7 21