Movimentos homenageiam Dema, assassinado há 20 anos na Amazônia

Dema foi mais um mártir da luta pelos direitos dos povos do campo e da floresta, na região Norte do Brasil.

Ontem, 25 de agosto, completou-se 20 anos do assassinato do agricultor Ademir Alfeu Fredericci, conhecido como Dema. Em sua memória, a Igreja Católica realizou uma atividade com lideranças de movimentos populares e sindicais e com sua família em Medicilandia (PA), cidade onde ele viveu. Foi um momento de reflexão e de apontamentos para a continuidade do processo de construção da organização e luta das famílias trabalhadoras da Transamazônica e do Xingu.

Dema foi assassinado dentro de sua casa, na frente de sua esposa e filhos, em Altamira (PA), no dia 25 de agosto de 2001.

“Foi uma grande liderança sindical na Amazônia. Ele se envolveu em vários processos protagonizados por trabalhadores rurais na região da Transamazônica de 1980 a 2001. Dentre esses processos, ele participou ativamente da criação do Movimento pela Sobrevivência da Transamazônica, do Movimento de Desenvolvimento da Transamazônica e Xingu e da Comissão Regional dos Atingidos pelo Complexo Hidrelétrico no Xingu (CRACOHX)”, afirma Jackson Dias, da coordenação do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) na região do Xingu.

A CRACOHX foi uma das sementes para a nacionalização da organização e lutas dos atingidos por barragens através da criação do MAB, em 1991.

Conteúdos relacionados
| Publicado 03/07/2020 por Movimento dos Atingidos por Barragens

Trabalhadores conquistam continuidade na isenção da Tarifa Social de Energia

Governo Federal anuncia a prorrogação da Medida Provisória 950/20 por mais 60 dias

| Publicado 11/06/2020

Atingidos distribuem mais de 500 cestas básicas no Amapá



O MAB no Amapá vem organizando as comunidades atingidas e lutando por reconhecimento de direitos e compensações, pelas mortes de peixes consequências dos empreendimentos hidrelétricos no rio Araguari, no município de Ferreira Gomes

| Publicado 11/06/2020

Lutar não é crime: atingidos e atingidas em defesa dos direitos humanos!

Decisão obtida pela Vale determina proibição de manifestações nas vias de acesso à Brumadinho

| Publicado 22/06/2020 por Leonardo Fernandes / Comunicação MAB

Atingidas na Amazônia denunciam ameaças para relatora da ONU

Mary Lawlor, relatora da Organização das Nações Unidas, ouviu defensoras dos direitos humanos militantes do MAB que estão ameaçadas por grandes empreendimentos na Amazônia

| Publicado 25/08/2021 por Coletivo Nacional de Comunicação do MAB

Coletiva Nacional do 27º Grito dos(as) Excluídos(as)

No próximo dia 26 de agosto, quinta-feira, às 10 horas, acontecerá a coletiva de imprensa do 27º Grito dos(as) Excluídos(as), que, por conta da pandemia, será online, com transmissão simultânea para todo o país

| Publicado 25/08/2021 por Articulação dos Povos Indígenas do Brasil - APIB

STF retoma julgamento histórico sobre terras indígenas, nesta quarta (25)

Supremo Tribunal Federal vai julgar hoje um recurso da Fundação Nacional do Índio (Funai) contrário ao Projeto de Lei 490, que pode travar demarcações de Terras Indígenas no país